O filme da Liga da Justiça já tem 1 ano de lançamento, mas os fãs continuam querendo a versão que foi cortada, pois fez uma grande diferença no fechamento do longa. Em entrevista, o ator Sam Benjamin falou sobre o corte de 30 minutos que tirou toda a sua participação em uma parte que foi dirigida pelo diretor Zack Snyder.

“Alguém me tweetou sobre isso outro dia e disse ‘Pisque se você estava na luta de Superman vs. Liga da Justiça’ e eu respondi ‘Não, eu não estava’. Basicamente, eu filmei parte dessa cena quando Zack Snyder estava dirigindo. Obviamente, muitas coisas de Zack Snyder foram cortadas. Eu tive uma explosão absoluta quando Zack Snyder estava dirigindo, interpretando o personagem do universo de filmes da DC. Foi um pouco de sonho se tornando realidade. Eu meio que sabia quando Joss Whedon assumiu o controle, eu estava preparado para várias mudanças. Eu estava ‘Eu sei, eu filmei com Zack Snyder’ e acontece que todo o arco no qual eu estava presente foi completamente cortado. Eu estimava que provavelmente eram cerca de 20 ou 30 minutos de história. A história foi meio que pulada. Algumas pessoas que são realmente ligadas no trabalho de Zack e Joss podem assistir o filme e ficar tipo, ‘Oh, ali é onde Snyder teria feito isso ou teria levado as coisas dessa maneira.”

O ator foi perguntado se ele poderia ou não revelar qual era o seu papel no filme, mas Benjamin não falou qual era, só deu alguns detalhes de uma cena que participou.

“Eu realmente não sei o quanto posso dizer. As pessoas podem ver no IMDb que sou um personagem de base militar que está em uma cena com um vilão e um herói e que provavelmente eu não deveria dizer mais nada.”

Então, você já suspeita qual personagem que Sam faria se esse arco tivesse ido aos cinemas? Infelizmente ainda não sabemos quem ele interpretou e ele não pode nem falar.

O filme Aquaman estreia nos cinemas brasileiros dia 13 de dezembro de 2018.

O primeiro trailer de Aquaman foi liberado no mês de Julho e para alegria de muitos, o segundo trailer foi divulgado hoje (05/10), confira:

Ontem (04), o diretor James Wan postou em seu twitter um novo pôster do filme com a seguinte legenda:

“O filho da terra… O rei dos mares… Ele é o protetor das profundezas. Algo chega amanhã #Aquaman”


O elenco conta com Jason Momoa (Aquaman), Amber Heard (Mera), Nicole Kidman (Rainha Atlanna), Patrick Wilson (Orm), Willem Dafoe (Nuidis Vulko), Yahya Abdul-Mateen II (Arraia Negra) e Dolph Lundgren (Rei Nereus). O diretor do longa é James Wan.

Aquaman chega aos cinemas brasileiros em 13 de dezembro de 2018.

Em entrevista ao Comic Book  e com dezembro chegando, o diretor James Wan falou sobre a importância do herói ter o seu filme solo nos cinemas e sobre ele querer construir o seu próprio universo e história.

“Desde o começo, foi muito importante para mim fazer o meu próprio filme e ter a minha voz nele. Depois de ‘Velozes e Furiosos 7’ e ‘Invocação do Mal 2’, eu não queria ser apenas um diretor contratado. Depois de ‘Velozes 7’, eu era exatamente isso, em um certo nível, mas eu não queria ser esse cara de novo. Então foi importante que eu fosse capaz de trazer minha própria marca, minha própria estética visual e criar esses personagens. Mesmo depois que Jason [Momoa] tenha sido estabelecido em ‘Liga da Justiça’, eu quis trazer o personagem dele para isso, basicamente de várias formas. Então eu queria obviamente respeitar como ele acabou em ‘Liga da Justiça‘, mas então ter a liberdade de levá-lo aonde eu quisesse ao fim do filme. Meu herói vai para essa jornada para se tornar uma pessoa bastante diferente de onde estava quando começou. Isso foi algo muito importante para mim, para fazer o filme que eu quisesse.” 

Para ele era importante fazer um filme sem outros heróis juntos com ele, simplesmente queria que só tivesse o nome do herói no título e no filme estar com sua esposa Mera.

“A parte boa de não necessariamente envolver outros heróis, é que eu posso fazer o que quiser nessa história, nesse universo e não estar preso em algo que alguém está fazendo.  E vice-versa, não envolver alguém no que eu estou fazendo. O que estou fazendo é bem próprio do mundo do Aquaman.”

Wan também falou sobre o desafio de conseguir criar a cidade de Atlantis.

“Eu definitivamente criei uma grande parte. Eu realmente achei isso muito legal e para as pessoas – não somente os fãs – quando eles verem esse filme, eles não verão apenas o mundo da DC. Eles verão o mundo com o Aquaman ali. Só no mundo de ‘Aquaman’, criar novos reinos, como um mundo diferente, com as ferramentas que o movem. Eles se locomovem com os animais que vivem no mundo embaixo d’água e todo esse tipo de coisa. Então, eu nunca fiz um filme tão fortemente criado dessa forma e foi incrível ser capaz de criar essas coisas interessantes. E quando o filme for lançado, acho que vocês verão o quão louco ele é.”

Aquaman será lançado dia 13 de dezembro de 2018 em todos os cinemas brasileiros.

Ultimamente muitas cenas deletadas, fotos e afins de Liga da Justiça estão sendo liberados e mais uma foi liberada. Um fã postou em sua conta do Twitter uma cena em que Mera luta contra Lobo da Estepe, mesmo no filme tendo uma luta entre os dois, essa cena mostra mais golpes.

Provavelmente essa cena foi cortada para uma menor parte por conta da mudança do tempo e de diretores que o filme teve. Confira:

“Sim, o fato de que eles fizeram ele se afastar desse conceito é enfurecedor.”

“Foi filmado com certeza… Eu tenho a versão estendida da luta e quase parece a mesma, exceto por essa parte e pela edição chocante.”

“É quase o mesmo que Snyder faria, por ter vários danos.

Já saiu bastante material deletado referente ao longa, mas ainda existem chances de ser revelados mais materiais ainda.

O Blu-ray de Liga da Justiça já está disponível nas lojas.

O filme da Liga da Justiça nos trouxe vários visuais diferentes de muitos personagens, alguns bons e outros que não agradaram o público. Mas sempre antes de escolherem o figurino de um tal herói ou vilão, muitos artistas conceituais criam artes com as suas ideias diante daquele conteúdo que está sendo criado.

Recentemente o artista conceitual Jerad S. Marantz, responsável pelo trabalho visual em diversos filmes da DC, postou na sua conta pessoal algumas artes do Flash, Ciborgue e Lobo da Estepe mostrando como poderia ter sido o visual de cada um no longa.

Confira as imagens: 

É nítido que esses visuais estão bem diferentes do que os que estão no filme, mas foi a escolha da equipe do próprio para trazer os trajes pras telonas. E para você, qual o melhor visual?

Depois de muitas polêmicas diante da produção, do roteiro e atores do filme ‘The Batman‘, o editor da Heroic HollywoodUmberto Gonzalez, confirmou em sua conta do Twitter que o roteiro feito por Matt Reeves para o longa já está pronto e foi enviado ao estúdio para ser aprovado.

O editor recebeu uma pergunta de um internauta sobre como estaria o filme, então Umberto deu a seguinte resposta: “O primeiro rascunho do roteiro finalmente foi levado ao estúdio!“.

Como ainda será aprovado pelo estúdio, possa ser que provavelmente ocorra alguma mudança, especialmente por ainda ser o primeiro rascunho. Ainda não se sabe quando as gravações serão iniciadas.

Os planos eram que depois da ‘Liga da Justiça‘, outros filmes solos dos heróis que fazem parte da equipe fossem produzidos, porém com a grande reestruturação que a DC está passando depois do desempenho não esperado de ‘Liga da Justiça‘, acabou fazendo com que a produção de vários longas atrasassem. Um desses filmes seria o solo do Ciborgue, que infelizmente foi paralisado.

O ator Ray Fisher falou sobre o destino do filme do herói no evento Heroes & Villains FanFest.

Não posso comentar muita coisa, porque eles não me falam nada até o último minuto. Existem várias pessoas tomando decisões nos bastidores. E seria muito, muito caro por conta do CGI do Ciborgue, porque eu sou o único membro da Liga que não tem um uniforme comum. Então custaria em torno de uns US$ 200 milhões só para produzir. É um valor que tem que ser levado em consideração.”

Pelo visto não se sabe ainda do futuro do Ciborgue nos cinemas, mas Ray Fisher já deixou claro que não deixará o personagem tão cedo e que se um dia deixar, saberemos primeiramente dele.

Eu não costumo ligar muito para rumores, mas recentemente talvez vale a pena: Eu NÃO vou, não tenho NENHUMA intenção de deixar o Ciborgue. No futuro, se eu for/quando meu tempo chegar para pendurar meu macacão de captura de movimento, vocês saberão diretamente de mim.

Muitas cenas do Ciborgue em ‘Liga da Justiça‘ foram cortadas, então com certeza poderiam ser usadas em seu filme solo.