Em entrevista ao Comic Book, o ator Yahya Abdul-Mateen II que interpreta o vilão Arraia Negra falou sobre a possibilidade do seu personagem aparecer em outros filmes da DC em um futuro próximo.

O entusiasmo de ter o Arraia no filme é enorme para os fãs, mas também é muito grande para toda a equipe do longa.
“Escute, nós amamos o Arraia. Desde os primeiros dias de desenvolvimento do roteiro, ele é o antagonista mais legal  e ele é o favorito dos fãs. E as pessoas sempre ficam entusiasmadas de ouvir que ele está confirmado no filme, elas estão entusiasmadas com isso. Então, nós sempre quissemos dar a ele a sua história e o Orm ficando como o primeiro antagonista, então o Arraia é um segundo antagonista muito forte. Existe uma conexão entre Orm e Arraia que o faz ser mais integrado na história.”, disse o produtor Peter Safran.
“Nós certamente temos interesse de que o Arraia tenha um papel grande no universo DC. Ele tem que ter. Ele é muito bom e nós demos a ele a sua original história nesse filme. Nós mostramos como o Arraia que vemos nas HQ’s, se tornou esse Personagem.”, finalizou Safran.

O elenco conta com Jason Momoa (Aquaman), Amber Heard (Mera), Nicole Kidman (Rainha Atlanna), Patrick Wilson (Orm), Willem Dafoe (Nuidis Vulko), Yahya Abdul-Mateen II (Arraia Negra) e Dolph Lundgren (Rei Nereus). O diretor do longa é James Wan.

O filme Aquaman estreia nos cinemas brasileiros dia 13 de dezembro de 2018.

Aquaman está prestes a estrear nos cinemas mas essa não vai ser a primeira vez do herói nas telonas, ele já apareceu no filme ‘Liga da Justiça’ com os outros heróis que fazem parte do time. Durante uma visita no set de filmagens de Aquaman, o ator Jason Momoa falou sobre os heróis de Liga da Justiça, suas impressões e como influenciaram o filme em entrevista ao Comic Book.

“Eu acho que todo mundo tem vários exemplos, digo, eu e o Ciborgue somos definitivamente atentos um ao outro no sentido de que eu não confio nele e que ele não confia em mim. Eu acho que aprendemos muito um com o outro, você sabe o que quero dizer? Mulher-Maravilha, ela é fácil ao olhos, então vou ouvi-la mais um pouco [risos]. Bruce, eu gosto apenas, você sabe ‘Eu realmente não quero ouvir. Eu vou fazer isso, não porquê você disse, mas farei isso’. E Ezra, eu digo, Flash é legal porquê ele é igual um irmão mais novo. Na vida real, ele é meu irmãozinho. Eu o conheço há muitos anos. É legal a dinâmica e todos nós somos diferentes e nos completamos, eu acho.”

Foi perguntado ao ator porquê os outros heróis não estarão no filme e Jason teve uma resposta bem prática e explicativa.

“Provavelmente iria custar muito dinheiro [risos]. Eu não acho que conseguimos no orçamento. Mas, eu acho que seria legal. Em certo ponto, eu tenho certeza, se isso for bem, provavelmente acontecerá a mesma coisa que aconteceu com a Marvel, você sabe o que eu quero dizer?”

Sobre aparecer algum personagem da DC no filme de forma inesperada, o produtor Peter Safran deixou um clima de dúvidas.

“Fica no ar. Continua no ar. Eu sei que sempre é legal fazer isso. Nós veremos. Veremos o que acontecerá.”

O diretor James Wan falou sobre a construção que ficou estabelecida em Liga da Justiça.

“Eu definitivamente criei uma grande parte. Eu realmente achei isso muito legal e para as pessoas – não somente os fãs – quando eles verem esse filme, eles não verão apenas o mundo da DC. Eles verão o mundo com o Aquaman ali. Só no mundo de ‘Aquaman’, criar novos reinos, como um mundo diferente, com as ferramentas que o movem. Eles se locomovem com os animais que vivem no mundo embaixo d’água e todo esse tipo de coisa. Então, eu nunca fiz um filme tão fortemente criado dessa forma e foi incrível ser capaz de criar essas coisas interessantes. E quando o filme for lançado, acho que vocês verão o quão louco ele é.”

O elenco conta com Jason Momoa (Aquaman), Amber Heard (Mera), Nicole Kidman (Rainha Atlanna), Patrick Wilson (Orm), Willem Dafoe (Nuidis Vulko), Yahya Abdul-Mateen II (Arraia Negra) e Dolph Lundgren (Rei Nereus). O diretor do longa é James Wan.

O filme Aquaman estreia nos cinemas brasileiros dia 13 de dezembro de 2018.

Aquaman é um filme desafiante por causa de suas filmagens debaixo d’água, tanto para os atores que precisam ficar no ar pendurados por fios, como para toda a produção do longa que precisa se esforçar para conseguir deixar o mais real possível. Ainda mais que a cidade de Atlantis não é construída no mar e sim por efeitos visuais.

Durante uma visita ao set de Aquaman, a atriz Amber Heard que interpreta Mera, descreveu como era a sensação de filmar.

“Isso é estranho, muito estranho! Eu digo, as vezes você tem apenas que dar um passo para trás e olhar pra sua vida e perceber que você é uma mulher crescida presa em dois fios sendo puxados por um grupo de homens em macacões azuis brilhantes. E você só tem que aceitar e rir.”

Quando perguntada se era realmente como nadar, Amber Heard disse que não e admitiu que esses tipos de gravação exigem muita confiança e esforço da equipe.

“É assustador, mas você tem que achar momentos de confiança no absurdo e essa é a parte que é legal de trabalhar com os atores e trabalhar com verdadeiros profissionais, igual ao Jason Momoa, Patrick Wilson e Willem Dafoe. Esses pequenos momentos de confiança são universais para nós como seres humanos nos quais você se agarra nessas sequências enormes. E você se agarra nesses pequenos momentos de honestidade, confiança universal e coisas básicas nas quais podemos nos agarrar.”

“Alguns dos meus amigos me provocam, dizendo que estou molhada em todos os filmes. Eles zoam e eu fico ‘É chamado de ter vinte e poucos anos e ser atriz’. É claro que eu sobrevivi aos meus vinte anos atuando, mas nesse filme talvez eu seja a mais seca para todas as coisas subaquáticas na quais estou. Nós temos Wig Caps e eles tem que fazer isso na minha pele e eu tenho que estar seca por vários motivos que eu não posso explicar para você visualmente. No entanto, para todas as cenas que estamos em terra ou em bolhas de ar, o que é uma coisa, eles tem que me absorver completamente. Então algumas vezes, parte da minha rotina é que eu apareço e me lavo. Isso acontece durante um dia de filmagem da mesma cena, porque leva muito tempo para filmar essas cenas extremamente complexas. Muitos dias em que passo o dia todo gravando, a cada 15 minutos, preciso ser lavada. E ainda é o mais seco que eu estive em um filme.”

Jason Momoa aproveitou e continuou o pensamento de Amber.

“Eu amo o fato de que nós não ficamos debaixo d’água e o que mostramos na Comic Con será como Star Wars debaixo d’água. É legal, eu sou um grande fã de Star Wars e eu nunca vou ser tão remotamente bom como Indiana Jones mas nós podemos tentar. Eu digo, eu nunca, jamais, vou vencê-lo, mas se estamos modelando depois disso, então ótimo, eu darei o meu melhor. É algo bom lutar por isso.”

O elenco conta com Jason Momoa (Aquaman), Amber Heard (Mera), Nicole Kidman (Rainha Atlanna), Patrick Wilson (Orm), Willem Dafoe (Nuidis Vulko), Yahya Abdul-Mateen II (Arraia Negra) e Dolph Lundgren (Rei Nereus). O diretor do longa é James Wan.

O filme Aquaman estreia nos cinemas brasileiros dia 13 de dezembro de 2018.

O novo trailer de Aquaman revela que o filme terá um tom humorístico para não ser totalmente escuro e pesado, podemos ver esse tom na cena em que Mera e Arthur estão no deserto com a intenção de achar o tridente do Rei Atlan.

O produtor do filme, Peter Safran, falou durante uma entrevista para o ComicBook.com sobre esse aspecto do longa e como o humor é inspirado em filmes como Indiana Jones.

“Quando a Warner Bros e a DC deram Aquaman pro James Wan, ele só estava interessado em fazer se pudesse ser diferente do que a marca do herói da DC havia se tornado. Gostando você ou não, ele não conseguia ver Aquaman ser feito daquele jeito. Dessa forma, os planos dele sempre foram mais para ‘Os Caçadores da Arca Perdida’ e ‘Tudo por uma Esmeralda’. E sabe, ambos os filmes tem grandes elementos de comédia, riscos reais, ótimos personagens e é isso o que ele traz pro filme. É absolutamente isso que o filme é.”

O Peter também falou sobre a relação entre Arthur e Mera e sobre o quanto esse tom humorístico estará presente entre os dois.

“Tem muita comédia boa entre Aquaman e Mera. Duas pessoas de mundos diferentes tendo que estar juntas. Existe um tom de comédia maior no filme que é provavelmente próxima do que os fãs viram em Mulher-Maravilha, é algo bem maior do que você já viu nos outros filmes da DC.”

Safran aproveitou e elogiou a atuação de Jason Momoa em Liga da Justiça.

“Ele é sarcástico e francamente Jason também é. Seu personagem é muito, muito Jason. Ele é apenas genuinamente Jason como pessoa, certamente como ele interpreta Arthur. Jason é um cara muito legal pra se estar por perto. Ele é aquele cara que todo mundo quer ser amigo. Ele traz uma energia positiva para todos. Eu acho que Arthur não é aquele cara do começo do filme e você viu que em Liga da Justiça ele é um cara solitário e grosseiro, mas quando ele faz a mudança é muito incrível, porque isso é o que Jason é.”

O elenco conta com Jason Momoa (Aquaman), Amber Heard (Mera), Nicole Kidman (Rainha Atlanna), Patrick Wilson (Orm), Willem Dafoe (Nuidis Vulko), Yahya Abdul-Mateen II (Arraia Negra) e Dolph Lundgren (Rei Nereus). O diretor do longa é James Wan.

O filme Aquaman estreia nos cinemas brasileiros dia 13 de dezembro de 2018.

O filme da Liga da Justiça já tem 1 ano de lançamento, mas os fãs continuam querendo a versão que foi cortada, pois fez uma grande diferença no fechamento do longa. Em entrevista, o ator Sam Benjamin falou sobre o corte de 30 minutos que tirou toda a sua participação em uma parte que foi dirigida pelo diretor Zack Snyder.

“Alguém me tweetou sobre isso outro dia e disse ‘Pisque se você estava na luta de Superman vs. Liga da Justiça’ e eu respondi ‘Não, eu não estava’. Basicamente, eu filmei parte dessa cena quando Zack Snyder estava dirigindo. Obviamente, muitas coisas de Zack Snyder foram cortadas. Eu tive uma explosão absoluta quando Zack Snyder estava dirigindo, interpretando o personagem do universo de filmes da DC. Foi um pouco de sonho se tornando realidade. Eu meio que sabia quando Joss Whedon assumiu o controle, eu estava preparado para várias mudanças. Eu estava ‘Eu sei, eu filmei com Zack Snyder’ e acontece que todo o arco no qual eu estava presente foi completamente cortado. Eu estimava que provavelmente eram cerca de 20 ou 30 minutos de história. A história foi meio que pulada. Algumas pessoas que são realmente ligadas no trabalho de Zack e Joss podem assistir o filme e ficar tipo, ‘Oh, ali é onde Snyder teria feito isso ou teria levado as coisas dessa maneira.”

O ator foi perguntado se ele poderia ou não revelar qual era o seu papel no filme, mas Benjamin não falou qual era, só deu alguns detalhes de uma cena que participou.

“Eu realmente não sei o quanto posso dizer. As pessoas podem ver no IMDb que sou um personagem de base militar que está em uma cena com um vilão e um herói e que provavelmente eu não deveria dizer mais nada.”

Então, você já suspeita qual personagem que Sam faria se esse arco tivesse ido aos cinemas? Infelizmente ainda não sabemos quem ele interpretou e ele não pode nem falar.

O filme Aquaman estreia nos cinemas brasileiros dia 13 de dezembro de 2018.

O primeiro trailer de Aquaman foi liberado no mês de Julho e para alegria de muitos, o segundo trailer foi divulgado hoje (05/10), confira:

Ontem (04), o diretor James Wan postou em seu twitter um novo pôster do filme com a seguinte legenda:

“O filho da terra… O rei dos mares… Ele é o protetor das profundezas. Algo chega amanhã #Aquaman”


O elenco conta com Jason Momoa (Aquaman), Amber Heard (Mera), Nicole Kidman (Rainha Atlanna), Patrick Wilson (Orm), Willem Dafoe (Nuidis Vulko), Yahya Abdul-Mateen II (Arraia Negra) e Dolph Lundgren (Rei Nereus). O diretor do longa é James Wan.

Aquaman chega aos cinemas brasileiros em 13 de dezembro de 2018.

Em entrevista ao Comic Book  e com dezembro chegando, o diretor James Wan falou sobre a importância do herói ter o seu filme solo nos cinemas e sobre ele querer construir o seu próprio universo e história.

“Desde o começo, foi muito importante para mim fazer o meu próprio filme e ter a minha voz nele. Depois de ‘Velozes e Furiosos 7’ e ‘Invocação do Mal 2’, eu não queria ser apenas um diretor contratado. Depois de ‘Velozes 7’, eu era exatamente isso, em um certo nível, mas eu não queria ser esse cara de novo. Então foi importante que eu fosse capaz de trazer minha própria marca, minha própria estética visual e criar esses personagens. Mesmo depois que Jason [Momoa] tenha sido estabelecido em ‘Liga da Justiça’, eu quis trazer o personagem dele para isso, basicamente de várias formas. Então eu queria obviamente respeitar como ele acabou em ‘Liga da Justiça‘, mas então ter a liberdade de levá-lo aonde eu quisesse ao fim do filme. Meu herói vai para essa jornada para se tornar uma pessoa bastante diferente de onde estava quando começou. Isso foi algo muito importante para mim, para fazer o filme que eu quisesse.” 

Para ele era importante fazer um filme sem outros heróis juntos com ele, simplesmente queria que só tivesse o nome do herói no título e no filme estar com sua esposa Mera.

“A parte boa de não necessariamente envolver outros heróis, é que eu posso fazer o que quiser nessa história, nesse universo e não estar preso em algo que alguém está fazendo.  E vice-versa, não envolver alguém no que eu estou fazendo. O que estou fazendo é bem próprio do mundo do Aquaman.”

Wan também falou sobre o desafio de conseguir criar a cidade de Atlantis.

“Eu definitivamente criei uma grande parte. Eu realmente achei isso muito legal e para as pessoas – não somente os fãs – quando eles verem esse filme, eles não verão apenas o mundo da DC. Eles verão o mundo com o Aquaman ali. Só no mundo de ‘Aquaman’, criar novos reinos, como um mundo diferente, com as ferramentas que o movem. Eles se locomovem com os animais que vivem no mundo embaixo d’água e todo esse tipo de coisa. Então, eu nunca fiz um filme tão fortemente criado dessa forma e foi incrível ser capaz de criar essas coisas interessantes. E quando o filme for lançado, acho que vocês verão o quão louco ele é.”

Aquaman será lançado dia 13 de dezembro de 2018 em todos os cinemas brasileiros.