Os planos eram que depois da ‘Liga da Justiça‘, outros filmes solos dos heróis que fazem parte da equipe fossem produzidos, porém com a grande reestruturação que a DC está passando depois do desempenho não esperado de ‘Liga da Justiça‘, acabou fazendo com que a produção de vários longas atrasassem. Um desses filmes seria o solo do Ciborgue, que infelizmente foi paralisado.

O ator Ray Fisher falou sobre o destino do filme do herói no evento Heroes & Villains FanFest.

Não posso comentar muita coisa, porque eles não me falam nada até o último minuto. Existem várias pessoas tomando decisões nos bastidores. E seria muito, muito caro por conta do CGI do Ciborgue, porque eu sou o único membro da Liga que não tem um uniforme comum. Então custaria em torno de uns US$ 200 milhões só para produzir. É um valor que tem que ser levado em consideração.”

Pelo visto não se sabe ainda do futuro do Ciborgue nos cinemas, mas Ray Fisher já deixou claro que não deixará o personagem tão cedo e que se um dia deixar, saberemos primeiramente dele.

Eu não costumo ligar muito para rumores, mas recentemente talvez vale a pena: Eu NÃO vou, não tenho NENHUMA intenção de deixar o Ciborgue. No futuro, se eu for/quando meu tempo chegar para pendurar meu macacão de captura de movimento, vocês saberão diretamente de mim.

Muitas cenas do Ciborgue em ‘Liga da Justiça‘ foram cortadas, então com certeza poderiam ser usadas em seu filme solo.